Quais os Principais Alimentos Anti-inflamatórios

As inflamações são reações do corpo quando ocorre a invasão de algum patógeno ou quando há um desequilíbrio de qualquer tipo nas funções fisiológicas naturais do organismo que provocam infecções.

Nesse momento os sistemas de defesa, como anticorpos, glóbulos brancos ou leucócitos entre outros começam a agir no sentido de destruir essas ameaças, configurando a inflamação.

No entanto, existem alimentos que ao protegerem o organismo.

Combatem as infecções e consequentemente as inflamações, ajudando o organismo a se manter protegido e equilibrado.

Esse artigo lista os principais alimentos anti-inflamatórios para te dar uma direção no sentido de ter uma alimentação condizente com esse mundo tão corrido.

Mundo este onde o estresse e o cansaço reduzem a capacidade do nosso sistema imunológico.

Tornando-nos mais suscetíveis as infecções e inflamações.

Quais os Alimentos com Propriedades Anti-inflamatórios

Aipo

O aipo, que também é muito conhecido como salsão. É um incrível vegetal que contém mais de vinte compostos com propriedades anti-inflamatórias.

Um desses incríveis componentes é o flavonoide apigenina, que tem ação anti-inflamatória e grande capacidade antioxidante (ou seja, protege as células e inibe a produção de radicais livres).

O aipo é rico ainda em vitamina C, ferro, cobre sódio, cálcio, fósforo, sódio e de óleos essenciais.

Mirtilo

O mirtilo é um alimento rico em antocianinas, que têm forte ação anti-inflamatória.

Além disso, por ser rico em fibras, o mirtilo tem a incrível capacidade de reduzir as inflamações que costumam infringir o nosso aparelho digestivo.

Por fim, o mirtilo fortalece o sistema imunológico, evitando as infecções geradoras das inflamações.

Chia

A chia é rica em diversos nutrientes, entre eles o ômega 3, antioxidantes e vitaminas.

Isso torna a chia um poderoso anti-inflamatório, além de ser um auxiliar muito importante para a manutenção e melhora da saúde do sistema cardiovascular.

Linhaça

A linhaça é rica em bioflavonoides, fitoesteroides, ômega 3 e ligninas vegetais,.

Componentes que combatem a proliferação de bactérias e vírus.

Os efeitos anti-inflamatórios da linhaça reduzem ainda os sintomas de cistite e bronquite.

Além de combater inflamações nos rins, na bexiga e as inflamações relacionadas a doenças do sistema respiratório, como a asma.

Óleo de peixe

O ômega-3 tem no óleo de peixe uma de suas maiores fontes.

Esse ácido graxo ajuda a reduzir inflamações.

Portanto, o óleo de peixe deve ser consumido por quem tem doenças de cunho inflamatório como artrite, artrite reumatoide e dores nas articulações em geral.

Chocolate meio amargo

Os chocolates com um mínimo de 70% de cacau na composição são os mais saudáveis.

Contém mais nutrientes do que a maioria dos chocolates presentes no mercado, como os flavonoides, que eliminam os radicais livres e reduzem inflamações crônicas.