Ser preguiçoso pode fazer bem ao cérebro

Nós seres humanos escutamos constantemente que a falta de exercícios e a preguiça em realizar as mais diversas coisas são as piores coisas que existem.

Isso quer dizer que a preguiça seria um dos maiores pecados dos dias atuais.

Entretanto isso pode não ser totalmente verdade.

Viver uma vida ativa e estar em movimento é uma coisa muito boa, mas viver lentamente também não é tão ruim.

Ser preguiçoso pode fazer bem ao cérebro

Os adultos não são encorajados a tirar um cochilo após o almoço. Já foi provado que dormir alguns minutos à tarde após o almoço faz muito bem para a saúde.

Um cochilo pode estimular a criatividade, invenção e a motivação.

Isso não quer dizer que as pessoas devem ficar o dia inteiro deitadas assistindo TV. Devem tirar alguns minutos todos os dias para descansar, isso ajudará no acúmulo de energia para a realização das outras tarefas diárias.

A preguiça é muito normal. Através dela o corpo humano está tentando manter a sua energia.

Durante o inverno o nosso corpo produz maior quantidade de melatonina, por isso, nas épocas chuvosas estamos com mais sono.

No verão o corpo impede que façamos atividades excessivas.

Benefícios mentais e físicos da preguiça para a saúde

Melhora os exercícios

Quem é preguiçoso não vai passar o dia inteiro praticando exercícios, por isso, ele se concentrará em um treino intenso de curta duração.

Com isso, a pessoa poderá praticar seus exercícios físicos e ficar com tempo suficiente para aproveitar o dia e ainda melhorará o funcionamento do coração.

Exercícios de curta duração seguidos por alguns minutos de descanso fazem com que perda peso bem mais rápido.

Diminui a pressão arterial

O estresse e o cansaço atingem de forma negativa todo o corpo. Influencia na pressão arterial e frequência do coração fazendo com que surja a ansiedade.

Quando a pessoa é preguiçosa ela consegue um tempo para respirar profundamente, descansar e relaxar o corpo, com isso ela diminui a sua pressão sanguínea e fica mais tranquila.

Estimula a criatividade

Muitas pessoas tiveram ideias brilhantes quando não estavam pensando em nada. Se a pessoa deixar o cérebro realizar seu ciclo e organizar pensamentos, ele irá organizar as ideias de diversas formas novas e interessantes.

Fortalece a capacidade de resolver problemas

Se a pessoa der ao seu cérebro um tempo para encontrar a solução de um problema, ele acabará fazendo isso.

Mas não significa que deverá ficar parado esperando que as coisas aconteçam por conta própria, mas é preciso determinar o momento de relaxar a mente para restaurar o poder cerebral depois de algum tempo.

Outros benefícios que a preguiça oferece são: melhora a eficiência, apreciação pelo momento do agora, auxilia na reflexão e ajuda a pessoa a compreender melhor as coisas.

Partilhar o Artigo :)

Ser preguiçoso pode fazer bem ao cérebro