Nutrientes Fundamentais para as Mulheres após os 40

O avanço da idade se apresenta de diversas formas tanto em homens como em mulheres, pois certos hormônios que nos dão força e fazem o nosso metabolismo funcionar a contento reduzem a sua produção ou até mesmo cessam.

Nas mulheres isso é ainda mais evidente, pois na menopausa. Com a parada da liberação mensal de óvulos, começa a paragem na produção de progesterona e estrógeno, provocando muitas mudanças no corpo e na mente da mulher. A partir desse momento, acaba o seu período fértil.

Porém, esse processo não precisa ser tão drástico, podendo ter os seus efeitos menos sentidos com providências como a reposição hormonal, bem como atitudes mais simples.

Como o consumo de nutrientes capazes de reduzir fortemente os efeitos da menopausa, reduzindo com isso os incómodos e tornando essa fase de transição mais suave.

Nós nesse momento vamos enumerar esses nutrientes para que você passe pelo climatério e conclua a menopausa da melhor e mais saudável forma possível.

Alimentos Importantes para a Mulher Depois da Menopausa

Ômega 3

O ômega 3 é um ácido graxo que tem a incrível capacidade de purificar o corpo e estimular a queima de gorduras, reduzindo ainda a velocidade do envelhecimento da pele e do corpo.

Isso tudo devido a capacidade do ômega 3 de reduzir a presença das rugas, manchas na pele, acnes e outros problemas.

O ômega 3 é também um grande auxiliar da saúde do coração.

Vitamina B12

A vitamina B12 atua diretamente no sistema nervoso. Melhorando as funções cognitivas em geral e também atuando na melhora da circulação sanguínea, na contração muscular e nas articulações, aumentando a resistência física e mental, que reduzem naturalmente na menopausa.

Vitamina D

A falta de vitamina D é prejudicial para a pele, para a saúde e resistência dos ossos, para o coração e é uma das causas para o aparecimento de diabetes.

A vitamina D é fundamental, pois sem ela o organismo não pode absorver o cálcio, por exemplo.

Magnésio

O magnésio é um dos principais responsáveis por equilibrar a nossa pressão arterial e melhorar o funcionamento do sistema cardiovascular como um todo.

Além de isso ser fundamental para o coração, pode ajudar na redução das inflamações, assim como prevenir o diabetes, que surge normalmente na menopausa.

Cálcio

Uma das doenças que mais aterrorizam as mulheres da menopausa em diante é a osteoporose, que se caracteriza pelo aparecimento de poros nos ossos e pelo enfraquecimento dos mesmos, que podem se quebrar com muito mais facilidade.

Isso se deve ao fim da produção dos hormônios femininos, que reduz a absorção de cálcio pelo organismo.

Portanto, esse mineral deve ser consumido em maior quantidade, para permitir que o montante absorvido aumente e se evite a osteoporose.

Partilhar o Artigo :)

Nutrientes Fundamentais para as Mulheres após os 40